Anatomia e Fisiologia

03-02-2014
Anatomia Animal

O corpo humano é dividido em cabeça, tronco (tórax e abdome) e membros (superior e inferior). Essas partes são compostas de diversas células, sendo que cada uma tem um tamanho e uma função diferentes em nosso organismo, e esse conjunto de células compõe os tecidos, que são: muscular (sua maior característica é a capacidade de contração incentivada por estímulos), epitelial (é responsável pelo revestimento, secretamento, por transportar, absorver e proteger as moléculas), nervoso (capaz de analisar e transmitir informações derivadas de estímulos, tais como calor, frio, luz, escuro, entre outras) e  conjuntivo (serve para preencher, reparar, sustentar e armazenar as moléculas).

 

A anatomia e fisiologia são as duas áreas da Ciência mais antigas da história da humanidade, sua origem é de 500 anos a.C. Anatomia é uma palavra derivada do grego, em que  ana significa em partes e temnein constitui cortar, incisar, ou seja, é um termo usado para designar o estudo dos sistemas e estruturas do corpo humano ( junturas, músculos, vasos, nervos e ossos) através da dissecação. Podendo ser tanto descritiva (descrição dos órgãos por meio do estudo dos tecidos biológicos) quanto topográfica (descrição dos órgãos de acordo com sua localização no corpo), ou até setorial (na qual a estrutura do corpo humano é dividida em grupos) e sistemática (nesse caso, a estrutura corpórea é dividida em sistemas:  nervoso, digestório, tegumentar, reprodutor, imunológico, muscular, respiratório, cardiovascular, excretor, linfático e endócrino). Um dos seus estudiosos mais antigos foi Aristóteles.

 

A palavra Fisiologia também é um termo derivado do grego: physis, que significa natureza; e logos, conhecimento. Assim, é o estudo das funções dos seres vivos multicelulares (estudo que também pode ser feito in vitro), em outras palavras é o estudo do funcionamento da respiração, da digestão, da excreção e da circulação.

 

Compartilhe

Faça um comentário

Livros relacionados

Posts relacionados