Brasil decreta sete dias de luto pela morte de Mandela

09-12-2013

Ex-presidentes acompanharão Dilma Rousseff ao funeral do primeiro presidente negro da África do Sul e líder contra o Apartheid

 

O Brasil terá sete dias de luto pela morte do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, contados a partir da sexta-feira (6). O funeral de Mandela será no próximo domingo (15), e a presidenta Dilma Rousseff viajará ao país para acompanhar a cerimônia.

 

O porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann, informou que os ex-presidentes José Sarney, Fernando Collor de Mello, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva foram convidados e aceitaram acompanhar a presidenta Dilma Rousseff aos funerais de Nelson Mandela. A comitiva presidencial parte do Rio de Janeiro na segunda-feira (9).

 

O ex-presidente será enterrado com honras de chefes de Estado e diversos líderes mundiais devem comparecer ao funeral.

 

Na terça-feira (10) será realizada uma cerimônia nacional em memória do líder, no estádio de Soweto, em Johanesburgo. O corpo do ex-presidente ficará exposto na sede da presidência em Pretória, entre a próxima quarta (11) e sexta-feira (13). No domingo, Mandela será sepultado na aldeia de Qunu, no sul do país, onde foi criado. A África do Sul terá luto nacional de uma semana, a começar neste domingo (8).

 

Mandela foi o primeiro presidente negro da África do Sul, entre 1994 e 1999. Ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 1993, o ex-presidente morreu aos 95 anos, vítima de complicações respiratórias. A morte do líder foi anunciada pelo presidente sul-africano Jacob Zuma, em uma transmissão televisiva.

 

Fonte: Portal Brasil

Compartilhe

Faça um comentário

Livros relacionados

Posts relacionados