Conhecendo o Romance

16-08-2013
romance

Engana-se quem pensa que romance é uma mera história de amor. Apesar de o termo frequentemente receber essa definição, existem romances policiais,  históricos, de bruxos, de terror e também de amor.

 

Segundo o Novo Dicionário Aurélio de Língua Portuguesa, romance é “Descrição longa das ações ou sentimentos de personagens fictícios, numa transposição da vida para um plano artístico”, ou seja, uma história fictícia extensa que pode ser de qualquer gênero.

 

Um romance não apresenta um único conflito em seu enredo. Há sempre o conflito principal e os paralelos que acabam sempre se interligando de alguma forma, o que diferencia o romance do conto, no qual sempre existe apenas um conflito.

 

Os personagens dos romances também costumam ser mais complexos, suas personalidades e características psicológicas são mais explícitas ao leitor, de modo que este conheça os participantes da história tão bem que acaba se sentindo um amigo íntimo destes.

 

Outra característica do romance é apresentar tempo e espaço bem definidos. Sempre sabemos quando e onde exatamente a história está acontecendo, mas em alguns casos específicos há exceções a essa regra, as chamadas “narrativas abertas”, que omitem certas informações para instigar a interpretação do leitor.

 

Um romance também deve ter caráter verossímil, ou seja, deve ser próximo da realidade ou, no caso de temas como fantasia, deve convencer o leitor de que aquela situação poderia ser real.

 

Juntando todas essas características em um texto em prosa, finalmente temos um romance, que pode se tornar um grande amigo, acompanhá-lo em diversos momentos e transportá-lo para mundos fantásticos. Embarque na leitura e boa viagem!

Compartilhe

Faça um comentário

Livros relacionados

Posts relacionados