Conselheiros da alimentação escolar devem emitir pareceres até 31 de março

23-02-2015

Procedimento visa divulgar conclusão sobre atuação do Programa Nacional de Alimentação Escolar nos estados e municípios

 

O Sistema de Gestão de Conselhos (Sigecon) está disponível para receber os pareceres dos conselheiros sobre as prestações de contas do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). O prazo para emitir o relatório segue até 31 de março.
 
Os Conselhos de Alimentação Escolar (CAE) são órgãos locais de controle social do Pnae, que monitoram a aplicação dos recursos em sua localidade. São compostos por sete membros, com representantes do Poder Executivo, dos trabalhadores da educação e discentes, entidades da sociedade civil e pais de alunos.
 
É papel do conselho emitir um parecer conclusivo sobre a prestação de contas feita pela respectiva entidade executora do Pnae, seja a prefeitura, governo estadual ou entidade conveniada.
 
Sobre o Pnae
 
O Programa, implantado em 1955, contribui para o crescimento, desenvolvimento, aprendizagem e rendimento escolar dos estudantes e a formação de hábitos alimentares saudáveis, por meio da oferta da alimentação escolar e de ações de educação alimentar e nutricional.
 
São atendidos pelo Programa os alunos de toda a educação básica (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos) matriculados em escolas públicas, filantrópicas e em entidades comunitárias (conveniadas com o poder público), por meio da transferência de recursos financeiros.
 
Um mínimo de 30% dos recursos transferidos deve ser utilizado na compra de produtos da agricultura familiar.

 

Fonte: Portal Brasil

Compartilhe

Faça um comentário

Livros relacionados

Posts relacionados