Dia da Alfabetização

08-09-2014
Criança lendo

No dia 8 de setembro é comemorado o Dia Internacional da Alfabetização. Essa data foi declarada pela ONU e pela UNESCO, no ano de 1967, com o intuito de conscientizar a comunidade internacional para a questão do grande número de analfabetos e criar um compromisso sério com a educação.

 

É muito triste saber que, mesmo depois de muitos anos, o número de analfabetos adultos do mundo está em cerca de 880 milhões. Isso traz sérias consequências tanto para o desenvolvimento social quanto para o econômico, que dependem de uma estabilidade na alfabetização básica.

 

A alfabetização básica se dá quando há domínio da escrita, da leitura e das regras básicas de cálculo. A UNESCO define analfabeta a pessoa que não consegue ler ou escrever uma frase sobre sua vida. Há também os analfabetos funcionais, que são aquelas pessoas que até sabem ler e escrever, porém de forma muito simples, e não conseguem ir além desse ponto, mal conseguem preencher formulários ou interpretar textos.

 

Essa data é um convite à reflexão sobre a questão da educação em nível mundial, um assunto que está longe de ser resolvido e precisa de muito mais atenção por parte dos governos do que realmente é dada. Muito se preocupa com guerras, progresso desenfreado e se esquece das questões básicas, que são direito de todo ser humano. Devemos pensar como comunidade e procurar maneiras e investimentos na educação, para que o número de analfabetos diminua cada vez mais.

 

Claro que uma questão de tamanha importância deve ser trabalhada todos os dias do ano. Um mundo alfabetizado é, consequentemente, um mundo com melhor conhecimento, melhor relacionamento e, quem sabe, um mundo melhor.

 

“A alfabetização é mais, muito mais, que ler e escrever. É a habilidade de ler o mundo, é a habilidade de continuar aprendendo e é a chave da porta do conhecimento.”
Paulo Freire

Compartilhe

Faça um comentário

Livros relacionados

Posts relacionados