Integração Nacional convida universidades a participarem do Proext 2015

07-03-2014

O Ministério da Integração Nacional (MI) convida universidades a participarem da 10ª edição do Programa de Extensão Universitária (Proext). Lançado em 2003, pelo Ministério da Educação (MEC), o projeto visa apoiar as instituições públicas de ensino superior no desenvolvimento de programas e projetos de extensão que contribuam para a implementação de políticas públicas, sobretudo na área de inclusão produtiva, acesso à água e defesa civil.

 

A ação – que recebe apoio de diversos Ministérios – prevê o financiamento de até R$ 100 mil por projeto e de até R$ 300 mil por programa de extensão. Para o diretor do Departamento de Minimização de Desastres do Ministério da Integração Nacional, Armin Braun, atrelar as atividades desenvolvidas pela defesa civil ao conhecimento e estratégias das universidades, aproxima ainda mais o setor da realidade que se quer ter.

 

“A ligação com a área acadêmica é sempre positiva. Isso fortalece nossos projetos. Além disso, reforçamos também a importância dos órgãos de proteção e defesa civil atuarem nessa parceria, aproveitando todo conhecimento, para formatar novas ações de fortalecimento e capacitação de comunidades e agentes, mapeamento de áreas de risco, sistemas de previsão e alerta, logística de resposta a desastres e tantas outras atividades desenvolvidas pelo Ministério”, afirma.

 

Na área de desenvolvimento regional, a criação de ações que atuem para reduzir o cenário de extrema pobreza no País é bem-vindo. “Apoiar as instituições públicas de ensino superior no desenvolvimento de programas e projetos de extensão, que contribuam para a implementação de novas políticas e fortaleça nosso trabalho tem grande potencial de contribuição para ambas às partes”, garante o diretor do Departamento de Gestão de Programas de Desenvolvimento Regional, Walber Santos.

 

“Temos espaço para expandir os Arranjos Produtivos Locais (APLs), associados às Rotas de Integração Nacional, criar projetos de assistência técnica e capacitação, gerar acesso ao crédito e canais de comercialização, entre outros pontos que contribuem para o desenvolvimento regional. Além disso, esperamos agregar conhecimento na área de convivência com a seca, principalmente no meio rural”, ressalta Walber.

 

A Linha Temática das ações do Ministério da Integração Nacional é a Linha Temática 15 – Desenvolvimento regional: inclusão produtiva, defesa civil e acesso à água. O referido edital está disponível no endereço: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12241&Itemid=487. O prazo final para apresentação das propostas pelas universidades é até 28 de março de 2014

 

Fonte: Portal Brasil

Compartilhe

Faça um comentário

Livros relacionados

Posts relacionados