Redução de encargos da dívida de estados e cidades é sancionada

27-11-2014

Com a alteração, os entes federativos devem ganhar fôlego em suas contas públicas, recuperando gradualmente sua capacidade de investimento

 

A presidenta Dilma Rousseff sancionou a mudança do indexador dos contratos de refinanciamento da dívida da União com estados e municípios na quarta-feira (26).
 
O Projeto de Lei Complementar (PLC) 148/2013 havia sido aprovado pelo Senado em 5 de novembro.
 
Com a alteração, os entes federativos devem ganhar fôlego em suas contas públicas, recuperando gradualmente sua capacidade de investimento.
 
O indexador dos contratos em vigor hoje é o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI). Esses contratos foram firmados em 1997 e 2001.
 
Com a nova lei, o índice poderá ser trocado pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) ou, opcionalmente, para a taxa Selic – o que for mais vantajoso para o devedor.
 
O PLC estabelece ainda normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e cria o Programa de Acompanhamento Fiscal (PAF) para estados e municípios que não foram contemplados pela renegociação da dívida de 1997.

 

Fonte: Portal Brasil

Compartilhe

Faça um comentário

Livros relacionados

Posts relacionados